quarta-feira, 27 de outubro de 2010


Desodorantes - Teoria da Conspiração ou Perigo?

3
Crédito: Google Image

 Outubro é o mês da conscientização do câncer de mama, então achei que o post de hoje seria bem propício.

  Antes de começar quero esclarecer que não sou médica ou especialista no assunto. Apenas gosto de me manter informada sobre os produtos que coloco no meu corpo todos os dias.

 É curioso observar como tem sido frequente ouvirmos histórias de mulheres enfrentendo o cancer de mama- principalmente em famílias sem nenhum histórico na doença.
 Na verdade, de acordo com o oncologista Sergio Simon, entre 1950 e 2000, nos Estados Unidos foi detectado um aumento significativo na incidência da doença.

 Curioso é também entrar em uma farmácia e tentar comprar algum desodorante que não seja antitranspirante. Já tentou?

  Eu só comecei a ligar uma coisa a outra quando visitei alguns oncologistas com a minha mãe.
 Uma delas sugeriu que ela não usasse mais desodorantes.

 Comecei a procurar, sem muita preocupação, um desodorante que não fosse antitranspirante. Foi aí que percebi a dificuldade.
 Assim deu início ao interesse e a pesquisa que envolveu vários médicos e informações colhidas nos  produtos.
 Em um certo ponto, escolhi acreditar em uma das vertentes que descobri.
 Quando digo que escolhi, é porque nada disso é cientificamente comprovado.

  Os antitranspirantes foram vetados pela oncologista da minha mãe por impedirem a eliminação de toxinas.

  A Dra. Camila Bairão afirma que as glãndulas mamárias são glândulas sudoríparas modificadas.    
 Antitranspirantes teoricamente podem causar alterações nas mamas que podem se malignizar, assim como os parabenos.

 
 Parabenos? O que são isso?

 Os parabenos são substâncias utilizadas como preservantes em diversos produtos cosméticos.  Um estudo mostrou a presença de parabenos em tumores cancerigenos nos seios, estabeleceno uma relação entre desodorantes com parabenos que migrariam das axilas para os tecidos mamàrios.

 Um outro estudo foi feito em seguida contestando o primeiro e demonstraram que os parabenos são seguros para a saúde humana e meio ambiente e por isso estão aprovados para este fim na Europa, EUA, Japão, países do Mercosul e muitas outras partes do mundo.

 De qualquer maneira a Europa estipulou níveis máximos de parabeno nos produtos.

 E aí que eu fico dividida: de um lado temos um estudo científico e do outro lado também temos um outro estudo que ampara uma indústria multibilionária.


 Dra. Camila Bairão falou uma coisa que eu acredito muito: "Se podemos evitar, é melhor, mesmo que não tenha nada provado ainda (e se provam alguma coisa daqui a 20 anos?)
Contra a benzofenona há estudos mais consistentes, por isso foi proibida pelo FDA"


 Você se lembram que algumas decadas atrás fumar era bonito e cult.?Ninguém falava sobre as consequencias devastadoras para saúde. Pois é!

Uma amiga que viajou recentemente pela Europa, me disse que em vários lugares que ela entrou as vendedoras faziam questão de lhe dizer que os produtos era Paraben Free.
Esse  é um tipo de preocupaçãõ que nunca vi aqui no Brasil.


 Minha intenção aqui naõ é espalhar a paranóia e sim lutar por informações mais claras a respeitos dos produtos aos quais a gente se expõe todos os dias.
 Lutar por estudos mais conclusivos e abrangentes sobre essas substâncias.


 A gente pode até deixar a maquiagem para os fins de semana, mas desodorante é todo dia.


 Como eu já tinha histórico de cancer de mama na família, não quis correr riscos desnecessários e tomei algumas providências para me livrar de antitranspirantes diariamente. Ainda uso de vez em quando, mas não todos os dias.


 Tentei convencer meu marido a aderir a teoria da conspiração comigo, mas ele carinhosamente só quis saber se "ser fedido é a última tendência".


  Para responder a ele e a todas as  mulheres que acham difícil abandonar esse tipo de produto, vamos mostrar , na sequência deste post , algumas alternativas além do uso de desodorantes sem sais de alumínio (antitranspirantes).


  Fiquem de olho: no post de sequência e, principalmente nas informações que afetam sua saúde.


Agradecimento: Todas os médicos que responderam minhas inúmeras perguntas com paciência, especialmente Dra. Camila Bairão.
 Esse post não poderia ser escrito sem a ajuda special das meninas que compõe o que chamo de: rede de apredizagem pessoal.Elas estão espalhadas nos fóruns, flickr, twitter and facebook. Se você não tem uma, não sabe o que esta perdendo.
  Por último e não menos importante: obrigada mãe !

3 comentários:

Luciana disse...

Se o problema é o tal parabeno, ele tb não compõe vários outros cosméticos, assim como os protetore e bloqueadores solares ? Vale a pena revisarmos hein !?

Paperdolls disse...

Paperdolls disse...
Oi Luciana,

O problema não é o parabeno isoladamente.

Sabemos que ele esta presente em vários produtos que a gente usa diariamente.
Um dos maiores problemas com os antitranspirantes são os sais de alumínio.

E, como eu disse, há linhas de pesquisas que amparam ambos os lados: tanto para a segurança desses produtos, quanto para a necessidade de mais pesquisa

Anônimo disse...

Dra. Camila é um espetáculo!