segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011


Por uma vida com menos stress!

2

Antes de começar o post, anúncio para as leitoras:
 Tudo bem com vocês?
 Paperdolls entrou em recesso por motivo de força maior.
 Por força maior, eu estou falando de trabalho, é claro. Aquele que paga as contas.

 Eu trabalho em escola e o início de semestre é sempre mais caótico, mas as coisas tendem a se normalizar logo mais.
 Confesso que pensei em terminar o blog, mas pensei na minha sócia- amiga Lises (que também está de recesso) e no quanto a gente já se divertiu nessa brincadeirinha até agora.  E é claro que pensei em vocês, leitoras maravilhosas, que não nos abandonaram.

 Assim, vou combinar pelo menos 2 posts por semana até as coisas se normalizarem e a Lisoca voltar.
 Ok?

 Então, puxando o assunto do anúncio, o post de hoje tem tudo a ver com: cansaço, vontade de dormir mas o sono não vem. Se você dorme, não se sente descansado. Vontade de comer comidas gordurosas, baixa imunidade de deixando mais suscetível a pequenos problemas de saúde, ansiedade, falta de paciência... e a lista vai longe.

 Vocês já devem saber do que estamos falando, não é?

 É...O conhecido stress- mal da sociedade moderna.

 Não sou nenhuma especialista, mas já fui diagnosticada por um profissional com stress e tive que mudar algumas coisas na minha rotina. E é sobre isto que vou falar hoje aqui.

 Acho que poderíamos comparar o stress com a a maneira que navegamos na web.

 Eu nunca abro menos do que cinco páginas ao mesmo tempo, clico de um lado para o outro pra me atualizar, dentro de cada página já abro mais 2 e com algumas horas de navegação já estou completamente sobrecarregada de informação e coisas que comecei, mas ainda não terminei.

 Aí, já começo a me preocupar em terminar tudo o que abri, mas na maioria das vezes sou obrigada a parar porque meu browser deu pau.

 E assim a gente faz com nosso corpo: sempre pegando mais uma função, abrindo mais espaço pra mais um trabalho e só paramos quando o corpo dá pau gritando CHEGA.

 E aí? O que você faz?
 Quais são as alternativas pra viver em um mundo que te exige tanto com saúde e bem estar?

Eu vou escrever aqui o que funciona pra mim, mas podem discordar e/ou acrescentar mais na nossa listinha "Xô Stress!"

Em primeiro lugar vem a minha melhor amiga canina: A Maia, também conhecida como Maricó.

Não estou fazendo apologia à criação de cachorros, tá?
Só estou dizendo que pra mim é a maior alegria ter um bichinho em casa. E, não é que ter cachorro não dá trabalho não. Aliás, dá e muito; mas é um trabalho que me alivia um pouco das ansiedade do dia a dia.

 Por exemplo: eu tenho que chegar em casa e brincar com ela. Independente se meu dia foi bom ou horrível, eu tiro o sapato e por pelo menos 20 minutos dou atenção à peluda.
 Além disso, tem os passeios que são muito divertidos. Todos os dias, vamos ao parque por pelo menos 30 minutos. Isto também é a maior maravilha pra descansar a cabeça.

 As vezes ela me deixa trabalhar quieta, como agora por exemplo que ela está ali no cantinho olhando

 Geralmente, de tempos em tempos ela pula no meu colo com algum brinquedinho me obrigando a parar um pouco e brincar mais uma vez.
 Então comparando a minha vida antes e pós Maia, posso dizer que tenho menos tempo livre mas uma carga de stress muito menor também.


  Outra coisa importante é o exercício físico.
  Já fui rata de academia, fazia musculação e corrida todos os dias, mas hoje só de pensar em colocar uma roupa e ir para aquela salinha ouvindo aquela música alta já estresso tudo de novo.
  O que tem funcionado pra mim é o Pilates

  Pra mim encerrar o dia de trabalho em uma aula prazerosa, com a luz apagada e uma música tranquila virou prioridade.
 Enquanto escrevia este post, senti uma curiosidade e fui pesquisar mais sobre a  História do Pilates.


 Pausa para aula de história.

 Há uma confusão quanto a nacionalidade do fundador do método Joseph Hubertus Pilates.
 Alguns acham que ele foi um judeu que desenvolveu o método enquanto preso em um campo de concentração, mas Joseph era na verdade um alemão que foi exilado na época da Primeira Guerra mundial.

  Com isto decidiu trabalhar com exilados e mutilados ajudando na recuperação dos feridos. Assim propôs um programa de exercícios físicos com o uso de molas em camas hospitalares, desenvolvendo um sistema que mais tarde, o inspira na criação de seus equipamentos da técnica do Pilates.

  Já em 1918, houve uma epidemia de influenza que matou milhares de pessoas em outros campos de concentração, mas, nenhum dos internos que praticaram os exercícios de Joseph Pilates sofreu deste mal, a partir daí passou a ser reconhecido pelo seu trabalho.

Photobucket
 Pilates que era uma criança doente que corria sérios riscos de terminar em uma cadeira de rodas, acabou vivendo por muitos anos com saúde e energia.
 Uma inspiração pra quem está sedentário e procurando uma saída pra driblar as aflições do dia-a-dia.

 Uma outra opção pra você que precisa relaxar é fazer uma massagem relaxante.
 A massagem relaxante tradicional com um óleo gostoso. Já fiz e recomendo muito.

 Massagem com pedras quentes e frias. Nunca fiz mas dizem ser muito relaxante. Alguém sabe dizer?

 Massagem nos pés. Amo! É a minha favorita.

 Fazer alguma coisa fora da rotina.
Photobucket

 Se o dia de ir no cinema é no domingo, já tentou pegar uma sessão na hora do almoço de quarta?
 Ou trocar o jantar de sábado a noite por um na quinta?
 Preparar uma comidinha de comer rezando com ingredientes especiais na terça?
 E de repente ligar pra sua amiga e exijir um encontrinho em plena segunda?

 Bom, por falar em amiga, vou indicar a última dica pra combater o stress.É infalível, viu?

 Vai encontrar suas BFF's pra tomar um vinho, falar besteira e dar muuita risada.
 Pronto!
Photobucket
 Não tem stress que resista a bom humor, risos e uma conversa com pessoas que te conhecem, te aguentam e te entendem.

 Agora é com vocês. O que fazem pra driblar o stress e ganhar mais tranquilidade ao longo da semana. Claro que algumas coisas infalíveis como viajar faltaram na lista, mas eu quis me concentrar no que podemos fazer todas as semanas e não de vem em quando.

  O post ficou grande, não é?
  Espero que vocês não tenham se estressado ao ler. :D Boa segunda e até agora mesmo.

2 comentários:

Ana Carolina disse...

Amiiiiga, exijo um encontro na segunda!!!
Adorei o post, como sempre! Já estava com saudades. Beijoos.

Letras Saltitando disse...

Guria adorei as dicas! Excelente post!
E nada de acabar o blog, eu gosto daqui.

bjos